SECRETÁRIO ADJUNTO

REPRESENTANTE: SECRETARIA DE ESTADO DE CULTURA 
 

Nascido em Monte Santo de Minas, tem profundo contato com a cultura popular desde a infância, quando começou a participar da folia de reis de sua família. Na mesma cidade foi diretor do departamento de esporte, lazer e cultura. É formado em filosofia e pós-graduado em ciência política, com passagem pelo curso de teologia. Na escola, seu envolvimento com cultura culminou no cargo de presidente do grêmio estudantil, numa gestão marcada pela valorização cultural e esportiva.. Também teve uma banda de forró universitário e de tradição. Em Guaranésia, comandou um programa de cultura na rádio local, onde também integrou o grupo teatral Máscaras. Ainda nas artes cênicas, foi cocriador do grupo de teatro Fuxico, junto de Daniel Melo e Gabriela Dias, em 2001. A peça A Chave Mágica, uma das produções da companhia, foi vencedora de cinco prêmios no festival de teatro da FETEMIG. Em seguida realizou o 1º Encontro de Folia de Reis de Guaranésia, evento que reúne cerca de 50 grupos da região. Chegou ao Legislativo em 2004, quando foi eleito vereador no município. Por lá, apresentou as primeiras emendas parlamentares do legislativo municipal em favor das expressões culturais. Em 2007 ingressou no seminário Agostiniano, onde ficou até 2013. A experiência foi marcada pela pluralidade cultural, indo da formação erudita às expressões da cultura popular.  Em 2012 morou com Dom Pedro Casaldáliga, bispo emérito de São Félix do Araguaia (MT), onde teve contato com a cultura ribeirinha e diversas tribos indígenas. Em Belo Horizonte, atuou como assessor parlamentar do deputado Durval Ângelo, na época presidente da Comissão de Direitos Humanos da Assembleia Legislativa de Minas Gerais. Em seguida, assume a Superintendência de Interiorização e Ação Cultural da Secretaria de Estado de Cultura de Minas Gerais. Ocupa atualmente o cargo de secretário de Estado Adjunto na mesma pasta.